Amazônia e Zona Franca de Manaus são destaques em conferência de saúde

Amazônia e Zona Franca de Manaus são destaques em conferência de saúde Vanja Andréa

A preocupação com a preservação da Amazônia e com a saúde da população que nela reside, indígenas, ribeirinhos, homens e mulheres da floresta, foi discutida na 1ª Conferência Regional de Vigilância em Saúde de Manaus e Entorno. O evento ocorre nesta quinta-feira (21/09) e sexta-feira (22/09), organizado pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) e Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A conferência tem como tema ‘Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade’ e reúne representantes de 12 municípios amazonenses. Nela, serão aprovadas 12 propostas e eleitos 36 delegados para a etapa estadual da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (1ª CNVS), promovida pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) de 28 de novembro a 1º de dezembro, em Brasília.

A Zona Franca de Manaus também tem sido importante destaque entre as discussões, uma vez que o modelo tem colaborado para a preservação do meio ambiente e gerado emprego para grande parte da população.

“Vamos para a plenária nacional pautando a Amazônia e o Modelo Zona Franca como fator de desenvolvimento e agentes importantes para o processo de promoção de saúde de sua população”, avisa a conselheira nacional de saúde e representante da Comissão de Mobilização e Comunicação da 1ª CNVS Vanja Andréa.

Além da capital, participam da conferência os municípios de Autazes, Barcelos, Careiro da Várzea, Careiro, Iranduba, Manaquiri, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, São Gabriel da Cachoeira e Santa Izabel do Rio Negro.

Estiveram presentes no evento o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi, a presidente do CMS, Cecília Motta, o diretor da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Amazonas Sérgio Luz, entre outros. 

Ascom CNS

Ler 300 vezes Última modificação em Quinta, 21 Setembro 2017 20:49