Fiocruz promoverá Conferência Livre de Vigilância em Saúde

A Fiocruz sediará, no dia 17 de outubro, das 9h às 16h30, a Conferência Livre de Vigilância em Saúde Fiocruz - Direito, conquista e defesa de um SUS público e de qualidade. O encontro, que acontece no Museu da Vida, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, faz parte da preparação da Fundação para a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS), a ser realizada em novembro em Brasília.

A Conferência Livre da Fiocruz tem o objetivo de discutir os principais pontos do documento orientador divulgado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS). Espera-se identificar lacunas e possíveis contribuições da Fundação para o documento. Ao final das discussões, ocorrerá a eleição de representantes da Fiocruz para a CNVS. Grupos que se organizem acima de 50 pessoas podem indicar delegados para a Conferência Nacional, até o limite de quatro.

Segundo Guilherme Franco Netto, assessor da Vice-presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fundação, que participa da Conferência da Fiocruz representando a Abrasco, "a primeira CNVS é uma possibilidade extraordinária de conectar por definitivo a vigilância em saúde ao SUS, ou seja, compreender a vigilância como responsabilidade do estado e como direito da sociedade. É uma possibilidade também de ressaltar o papel estratégico da vigilância na melhoria do quadro sanitário, em especial a redução da mortalidade infantil e da desnutrição e do aumento da expectativa de vida".

>> Confira a programação 

Quatro eixos temáticos estão previstos para a Conferência Livre:

1) o lugar da vigilância em saúde no SUS;
2) responsabilidades do Estado e dos governos com a vigilância em saúde;
3) saberes, práticas, processos de trabalho e tecnologias na vigilância em saúde;
4) vigilância em saúde participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades sociais em saúde.

"Esta é a primeira conferência de Vigilância em Saúde do país, e fornecerá subsídios para as políticas na área", diz Tânia Maria Peixoto Fonseca, assessora da Coordenação de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência da Fiocruz. "Para a Fiocruz, ela é especialmente importante, porque vigilância se confunde com a própria história da Fundação. A Fiocruz trabalha em todas as áreas de vigilância, desde a sanitária até a formação de profissionais, incluindo também o combate a doenças transmissíveis e a produção".

De acordo com Ronald dos Santos, que participará da mesa de abertura da Conferência Livre da Fiocruz ao lado da presidente da instituição, Nísia Trindade Lima, a CNVS tem o objetivo de "construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização, reduzir as desigualdades sociais e regionais e promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação".

Mais informações podem ser obtidas com a Coordenação de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência (CVSLR).

Contatos:
Tel: (21)3885-1614.
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: ENSP/Fiocruz

Ler 319 vezes Última modificação em Quarta, 11 Outubro 2017 18:47