Programação: conferência vai reunir 2 mil pessoas de todo o Brasil

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) realizará, entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro de 2017, a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (CNVS). O evento pretende reunir cerca de 2 mil pessoas em Brasília para a criação de uma política nacional que fortaleça as ações de vigilância em saúde no SUS.

A vigilância em saúde inclui vigilância sanitária, epidemiológica, ambiental e de saúde do trabalhador, com atividades de prevenção e promoção da saúde. Com as ações da área, é possível obter informações e intervir para reduzir riscos de doenças e promover a qualidade de vida.

Para o CNS é fundamental, neste momento de desmonte das políticas públicas e perdas de direitos, resistir, defender e divulgar a amplitude do Sistema Único de Saúde. “Através da democracia participativa e de um debate concreto em torno da proteção, promoção e vigilância em saúde, poderemos somar forças políticas e sociais para garantir em 2018 uma politica nacional de vigilância em saúde para todos”, avalia o presidente do CNS, Ronald dos Santos.

A 1ª CNVS tem como tema central “Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade”. Ela foi precedida por etapas preparatórias, realizadas em todos os estados brasileiros, que reuniu propostas apresentadas por participantes de municípios e macrorregiões locais.

Também ocorreram conferências livres organizadas pelos mais diversos públicos, como pessoas em situação de rua, acadêmicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), população do campo, da floresta e das águas, movimento LGBT e povos ciganos com a finalidade de se discutir necessidades específicas sobre vigilância em saúde.

A 1ª CNVS reunirá as propostas aprovadas nestas fases, que serão apresentadas e defendidas pelos delegados eleitos e convidados (no caso das conferências livres) em cada uma das etapas.

Ascom CNS

Ler 1134 vezes Última modificação em Sexta, 24 Novembro 2017 12:54