Conferência de Vigilância elege propostas e representantes para a etapa nacional

Último dia da conferência serviu para a escolha dos delegados que vão para a etapa nacional

 

O último dia da 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde foi marcado pela votação das propostas e eleição dos delegados que irão representar o estado na etapa nacional, prevista para ocorrer no final desse mês de novembro, em Brasília.

Pela manhã, os participantes se dividiram em grupos e de acordo com os eixos temáticos elegeram as melhores propostas sugeridas durante as conferências municipais. Após, as propostas foram para votação geral.

“Foram quase dois meses de muito trabalho para a realização da conferência estadual e os resultados não poderiam ser melhores. Temos propostas enriquecedoras que irão contribuir em muito com a política de vigilância em saúde no estado. A propostas aprovadas na Conferência Nacional irão compor a política nacional de vigilância em saúde”, avaliou Moisés Viana, diretor de vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre).

Foram escolhidos 24 delegados, dos quais 12 representarão os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), seis representam os trabalhadores e outros seis os gestores.

Camila de Jesus, de Rio Branco, representou os usuários durante a conferência e ficou feliz com o resultado. “A vigilância em saúde poderá, a partir de agora, ter maior visibilidade e os usuários poderão ter melhor acessibilidade a todos os serviços prestados por essa área. Eu mesma só conheci bem a vigilância quando passei a trabalhar com isso, então sei bem a importância de se divulgar e implementar ações de melhoria”, disse.

A 1ª Conferência Estadual de Saúde teve início na noite da última quarta-feira, 8, no auditório do Resort Hotel, em Rio Branco, e reuniu delegados, conselheiros, gestores e profissionais de saúde, autoridades e sociedade civil organizada.

Com o tema “Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade”, a conferência teve como objetivo a criação de políticas de vigilância em saúde para fortalecer a área. O evento foi realizado pela Sesacre e pelo Conselho Estadual de Saúde (CES).

 

Fonte: Sesacre

 

Ler 44 vezes Última modificação em Terça, 14 Novembro 2017 14:08